E n v o l t u r a S

08 maio 2007

27 DE DEZEMBRO


em dia incerto cheguei
nasci sobrando tímida
temente por incomodar
dispensei até a parteira

sim cheguei faceira
e vim sozinha
fui a primeira

nasci sobrando
sem saber dos prazos
dos quereres das garantias
mas vim pelo correto meio

tiveram que arranjar coisas
e depois as coisas
tiveram que ser acertadas
e aceitas bem-vindas acatadas

dia vinte e sete
cheguei sobrando
após passei uns dias sem nascer

1 Comments:

At 19/6/07 2:56 PM, Blogger Marco Celso Huffell Viola said...

Bom, excelente poema.O que te escrevo não é spam , li realmente teu poema.Dá uma olhada no blog-portopoesia.blogspot.com
Abs Celso

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home