E n v o l t u r a S

26 agosto 2007

ESPOLIADO

Admita!
Quase à força
querem transformá-lo em soldado
Confessa!
Há sangue camuflado
gente de improviso

EXASPERADA

há frio na periferia
sonhos “diet”
raiva nas calçadas

Volta lá!

Expõe vísceras
lava o rosto
não entrega tua espada
agita o ponche
Arruma o lenço

Indulgentes, do lado de cá!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home