E n v o l t u r a S

08 janeiro 2011

Minha prosa esparramada na mesa,
verseja.
Veja,
algumas letras
enrrugam-se de ciúmes!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home