E n v o l t u r a S

11 março 2011

REDITO
Maira Vicenzi Knop

Todo poeta em si
inventa um sentimento
para em lirismo decantar

esta ânsia de velho gosto
mistério do paraíso
na noite é o cantar do pranto
de dia outro verso posto

é sabido que acontece
diz o antigo ditado
poeta que não escreve
não será prestigiado

o livro da vida é breve
e toda palavras palpita
escreve poeta, escreve
pois a vida é quem te edita

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home